Kits de ELISA para detecção de anticorpos anti-SARS-CoV-2 (COVID-19)

Detecção quantitativa de anticorpos (IgG, IgM e IgG+IgM)

A Galileo, primeira empresa nacional a obter o CBPF da ANVISA para desenvolvimento e produção de todo o fluxo de fabricação para kits de diagnóstico clínico de alta performance, apresenta seus kits de ELISA.

Testes de anticorpos disponíveis
  • Detecção de IgM anti-SARS-CoV-2 (ELISA)
  • Detecção de IgG anti-SARS-CoV-2 (ELISA)
  • Detecção de IgM e IgG anti-SARS-CoV-2 (ELISA)
Uso pretendido

O imunoensaio enzimático por ELISA permite a determinação quantitativa da presença, e dos níveis, de anticorpos humanos das classes IgM e IgG contra SARS-Cov-2. Kit completo para diagnóstico in-vitro e análises clínicas, incluindo todos os insumos para controle de qualidade.

É recomendado para:

  • Identificação de indivíduos previamente infectados por SARS-CoV-2.
  • Estudos de soroprevalência e epidemiológicos.
  • Facilitar rastreamento de contato.
  • Identificação de potenciais doadores de plasma convalescente.
  • Avaliação de resposta imunológica à vacinas.
  • Potencial auxílio para o diagnóstico de COVID-19 em pacientes negativos para RT-PCR que se manifestam mais tardiamente durante o curso da doença.
Típica resposta de anticorpos à infecção viral

ANTICORPOS IgM

O teste detecta anticorpos IgM, tipicamente os primeiros anticorpos produzidos pelo sistema imune frente ao ataque do vírus.

Um teste IgM-positivo indica exposição recente ao vírus e início da resposta imunológica.

Positividade para IgM indica que o paciente ainda pode estar infectado, ou que se recuperou recentemente da infecção viral.

ANTICORPOS IgG

O teste detecta anticorpos IgG, que geralmente emergem de 7 à 10 dias após o aparecimento de sintomas da COVID-19.

Anticorpos IgG permanecem no sangue após passagem da infecção, indicam infecção pelo vírus e memória imunológica.

Até o momento é desconhecido o grau de proteção que anticorpos podem oferecer frente à re-infecção, e por quanto tempo anticorpos IgG permanecem detectáveis após exposição ao vírus.

Tempo de Resposta

2 horas (desde a coleta da amostra até o resultado)

Amostras

Soro humano ou plasma na presença ou ausência de EDTA, heparina ou citrato. Os resultados dos kits da Galileo Biotech não são afetados por interferentes endógenos presentes no soro (i.e., hemoglobina, bilirrubina, colesterol, etc).

Estabilidade

6 meses refrigerado ou 3 meses após abertura.

Regulatório

Todos os kits são aprovados pela ANVISA e registrados.